LIÇÕES DO PORTUGUES CLÁSSICO DE PEDRO ADRIÃO (Portuguese Edition) por JOSE MARIA TAVARES DE ANDRADE EDITOR

April 1, 2020

Obtenga el libro de LIÇÕES DO PORTUGUES CLÁSSICO DE PEDRO ADRIÃO (Portuguese Edition) de JOSE MARIA TAVARES DE ANDRADE EDITOR en formato PDF o EPUB. Puedes leer cualquier libro en línea o guardarlo en tus dispositivos. Cualquier libro está disponible para descargar sin necesidad de gastar dinero.

LIÇÕES DO PORTUGUES CLÁSSICO  DE PEDRO ADRIÃO (Portuguese Edition) por JOSE MARIA TAVARES DE ANDRADE  EDITOR
Titulo del libro : LIÇÕES DO PORTUGUES CLÁSSICO DE PEDRO ADRIÃO (Portuguese Edition)
Fecha de lanzamiento : December 17, 2018
Autor : JOSE MARIA TAVARES DE ANDRADE EDITOR
Número de páginas : 169

JOSE MARIA TAVARES DE ANDRADE EDITOR con LIÇÕES DO PORTUGUES CLÁSSICO DE PEDRO ADRIÃO (Portuguese Edition)

Obra e autor
O corpus de língua clássica estudado por Pedro Adirão in Tradições Clássicas da Língua Portuguesa, obra aqui reeditada, não representa apenas uma bibliografia, é a matéria da pesquisa. Além de todas as referências bibliográficas do século XVI ao século XX segue a maneira como os clássicos foram citados pelo autor: abreviação das obras e a maneira de citações. Finalmente nos perguntamos, em termos comparativos, como os grandes escritores de nossa língua continuam fundamentando e legitimando os recursos dos mais antigos. Eis as condições de uma avaliação possível quanto ao desenvolvimento atual da língua portuguesa.
Em seguida estudaremos as lições do mestre quanto aos estrangeirismos: como os clássicos absorvem contribuições vocabulares de outras línguas e como evitar indesejáveis empréstimos, muitas vezes modismo desnecessário. Com isto entendemos a acepção de sabor clássico: navega-se assim entre a língua popular e a língua culta, ou seja: entre usos no “seio do povo” e os mais autorizados documentos de língua literária.
Depois deste interessante passeio sobre sentidos arcaicos e às vezes ainda utilizados, chagamos à tarefa de salvar léxicos que tendem a perder-se pela falta de uso.
Chagamos então às expressões populares autorizadas ou legitimadas pelos clássicos. Como afirmou Mário Barreto: “a fala popular é mina de palavras, frases e construções sintáticas variadíssimas e fonte onde há de enriquecer-se e robustecer-se a linguagem literária”. Trata-se de exemplos de expressões populares identificados em autores clássicos e ainda encontrados na linguagem popular praticamente desaparecidos ou ausentes dos dicionários. Com isto completa-se o rico linguajar popular.
Em seguida veem as lições sobre estrangeirismos, a exemplo de termos e expressões vindas do francês - por exemplo “visagem”, face, que passou a significar fantasma - uma moda antiga de importar, substituída pela língua inglesa.
Quanto à sintaxe de concordância: a lição é que as regras normais de concordância têm que admitir exceções elegantes, autorizadas pelo uso de clássicos. Além das regências mais generalizadas, surgem outras que, embora um pouco insuetas na conversação, não deixam de demonstrar a grande capacidade de variar de que dispõe a nossa língua.
A sintaxe do pronome “se” mereceu uma atenção especial: “cantam-se os louvores, escrevem-se livros, fizeram-se leis, deram-se passos, batem-se palmas, procurar-se-ão os meios”, contrário a formas frequentes mas indesejáveis. E quanto à colocação dos pronomes oblíquos, por exemplo a lição: outros trazem nos seus escritos uma música doce, suave, cadenciosa, harmônica, insinuante, que prende, encanta, cativa, delicia grandemente o leitor.
Podemos afirmar que existem regras científicas de valor absoluto? Claro. Este é um capitulo fundamental.
Elipse: figura de linguagem que acontece quando há a omissão de um termo que pode ser subentendido no texto, evitando-se por elegância uma repetição: do verbo, do pronome, da preposição e tantos outros.
Pleonasmo nos clássicos: trata-se de um recurso estilístico encontrado com frequência como em nas placas, nos outdoors, nas portas e vitrines de estabelecimentos comerciais, na fala corrente e até na música. Distingue-se do pleonasmo vicioso sendo uma repetição a ser evitada, - erro e não figura de linguagem.
Como posfácio transcrevo de Pedro Adirão: algumas palavras ao leitor. Boa leitura das lições clássicas.

Autor

José Maria Tavares de Andrade estudou Filosofia em Olinda e Recife foi jornalista (Revista O Cruzeiro e Veja) e pesquisador da cultura popular junto a Mauro Motta (Fundação Joaquim Nabuco), Hermilo Borba Filho e Ariano Suassuna, desenvolvendo o projeto de pesquisa: Música Popular Religiosa (DEC-UFPE, 1967-70). Projeto que está na origem do movimento de renovação l

Los más vendidos Libros Homo Deus: Breve historia del mañana Visigodos (Historia) Los campos de concentración de Franco: Sometimiento, torturas y muerte tras las alambradas Tercios (Historia) El siglo del socialismo criminal Memoria del comunismo (Historia) Sapiens. De animales a dioses: Breve historia de la humanidad La conquista de México: Una nueva España (Historia) ESPAÑA, LA NOVELA: (El Imperio donde no se ponía el sol) Una historia de España (HISPANICA) Un pueblo traicionado: España de 1876 a nuestros días: Corrupción, incompetencia política y división social (Historia) El hombre en busca de sentido La historia de España como nunca antes te la habían contado: Un libro de Academia Play Franquismo S.A: 13 (Anverso) Memoria del comunismo (Historia) Imperio: De los tercios españoles a la América hispánica (F. COLECCION) Largo pétalo de mar (EXITOS) Dolça Catalunya Señoras que se empotraron hace mucho (Plan B) Auschwitz, última parada: Cómo sobreviví al horror (1943-1945) (F. COLECCION) Sapiens: A Brief History of Humankind (Vintage Books) Los baños del Pozo Azul (HarperCollins) Una historia de la guerra civil que no va a gustar a nadie (Divulgación) Historia de España contada para escépticos: 7 (Divulgación) La historia como nunca antes te la habían contado Así se domina el mundo: Desvelando las claves del poder mundial El mundo amarillo: Si crees en los sueños, ellos se crearán (BEST SELLER) Sapiens. De animales a dioses: Una breve historia de la humanidad El diario de Ana Frank (CONTEMPORANEA) Ligero de equipaje: Vida de Antonio Machado (No ficción) 01 Historias para disfrutar con la historia: Cinco episodios trascendentales de la humanidad (Relatos con Historia nº 1) La balada del norte. Tomo 3 (Sillón Orejero) La conquista de América contada para escépticos (No Ficción) El terror bolivariano: Guerra y genocidio contra España durante la independencia de Colombia y Venezuela en el siglo XIX (Historia) Austerlitz (Compactos 50) Imperiofobia y leyenda negra: Roma, Rusia, Estados Unidos y el Imperio español: 87 (Biblioteca de Ensayo / Serie mayor) La primera y segunda guerra mundial contada para escépticos (pack) Vida y muerte de Federico García Lorca (No ficción) Sapiens. De animales a dioses: Una breve historia de la humanidad Una historia de España El gran dragón negro: Y los niños de Terezín. (Basada en hechos reales) Pretérito imperfecto (Historia) Atlas ilustrado de la historia del mundo en mapas El perro López (El pollo Pepe y sus amigos) El Arte de la Guerra (Spanish Edition) Un pueblo traicionado: España de 1876 a nuestros días: Corrupción, incompetencia política y división social El irlandés: Jimmy Hoffa. Caso cerrado (Tiempo de Historia) Eso no estaba en mi libro de Historia de España La luz que se apaga: Cómo Occidente ganó la Guerra Fría pero perdió la paz (Ensayo y Pensamiento) Imperios y bárbaros: La guerra en la Edad Oscura (Historia medieval)